22
  
     

Vídeo Base Jump da Pedra da Gávea

Fala galera! Saiu o vídeo do nosso salto de base jump na Pedra da Gávea, espero que vocês curtam!

Agradecimentos: Deuter, Sea to Summit, Lorpen e Proativa!

Arquivado em: BaseJump e Wingsuit, Deuter Tags: base jump, gustavo britto, pedra da gávea

22 Comentários em "Vídeo Base Jump da Pedra da Gávea"

  1. Showwwwwwwwwwwwwwwwwwww! Parabéns!

  2. Elias Maio disse:

    VALEU GUSTAVO!!! \o/\o/\o/

  3. Obrigado Marcos 😀

  4. Valeu Elias!!!

    No próximo quero vc lá para bater umas fotos (pro)…

    Abraço 😀

  5. Kiko Araujo disse:

    Muito maneiro Gustavo!!!! parabéns carinha!!! abs

  6. Valeu Kiko,

    Muito obrigado pela vibe e pelo apoio!!!

    Um grande abraço 😀

  7. Beto O disse:

    Muito Foda!! Ta demais!

  8. Jana disse:

    Grande Gustavo!

    Excelente edição do belo visual registrado!

    Você tem ideia do tempo decorrido entre o salto e o pouso?

    bjs,
    Jana

  9. Hum…

    Boa pergunta, nesse salto eu usei um GPS justamente para ter esse número exato (além do glide do velame e outras infos), mas o danado não gravou nada :-S. Pelo time line do vídeo bruto da pra ter uma idéia, aproximadamente 3 minutos e 16 segundos. Porém neste salto a navegação foi um pouco mais longa por causa do vento E/SE.

    bjos 😀

  10. Junior silva disse:

    Muito legal uma galera fazendo base no Brasil .. Parabens pelo salto eu quero saltar ali tambem .. Valeu Junior.

  11. “Kamon” Junior,

    os saltos no Brasil estão demais. Em breve, vai rolar aqui no AZ uma matéria sobre WingBASE no Brasil 😀

    abs!

  12. Francisco Gondin disse:

    O que mais há de melhor? Deve ser uma linda sensação! Fiquei super afim de fazer isso…! Eu pulo, só não sei pilotar parapente! Lindo, parabéns!!!!!!!

  13. Francisco Gondin disse:

    Que noção perfeita de si mesmo, do espaço e também do tempo!!!!! Muito bom! Parabéns!

  14. Pois é Francisco, a sensação é incrível mesmo! Quanto ao para-quedas, pilota-lo é super simples as “argolas amarelas” que aparecem no vídeo são usadas para dar a direção ou frear o para-quedas. Em breve, farei um post explicando melhor esses detalhes 😀

  15. Obrigado Francisco, considero o BASE jump é uma extensão do meu montanhismo e consequentemente de mim mesmo! Que bom que consegui trazer essa sensação para o vídeo, poder compartilha-la é uma das coisas que me motiva.

    Um abraço,

  16. Jú Hupsel disse:

    MUITO BOM Gú!
    Antes de ver seus vídeos, eu já sei que vou gostar. Mas, eles sempre acabam surpreendendo de formas diferentes! 🙂
    Adorei as mudanças de perspectiva! Parabéns!
    Beijão: Jú

  17. Obrigado Jú,

    São esses comentários que me motivam a ficar “fritando” nos detalhes de cada edição 😀

    Bjos

  18. Ricardo Cosme disse:

    Bacana hein Jumper! 😉
    É um privilégio saltar de lá e
    curtir todo aquele ambiente 😀

    Abração,
    Ricardo

  19. É Ricardo,

    Para mim saltar de montanhas em geral é um grande privilégio, mas tenho que admitir que a Gávea é especial. Passo em baixo dela todo dia, indo e vindo e ainda não teve uma vez que olha-la não fez abrir um sorriso 😀

    Um grande abraço,

    “Jumper”

  20. Sam disse:

    Oi Gustavo,
    Estou a “falar” de Portugal e adorei seu vídeo, gostaria de felicita-lo por ter partilhado com o público essas emoções.
    Para quem queira iniciar-se no base que recomenda?
    Deverei fazer 1º um curso de queda livre?
    Dada a sua anterior experiência em montanhismo, peço que me dê a sua opinião quanto ao seguinte:
    Estou a iniciar um projecto na área do montanhismo e caminhadas em Portugal. Você sabe se existem marcas de equipamentos e outras que pudessem ter interesse ai no Brasil que tenham interesse em se expandir para a Europa?
    Grande abraço, se quiser pode me contactar via mail indicado.
    Sam

  21. Sam,

    Muito obrigado!!! Para começar no BASE jump, o caminho mais natural é fazer um curso de pára-quedismo sim, porém, conheço o caso de alguns pilotos de parapente que fizeram uma boa transição para o BASE jump. Se você quiser, mais informações sobre como começar no BASE jump veja os links que botei ao final da matéria “Entenda o BASE jump” (http://www.adventurezone.com.br/blog/entenda-o-base-jump) aqui no AZ. Quanto a sua outra pergunta, vou lhe mandar um email para entende-lo melhor…

    Um abraço 😀

Deixe o seu comentário!

Comentar!

© 2019 Adventure Zone. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Válidos.
Design: Equipe Adventure Zone.