0
  
     

Verão, chuvas e as trombas d’água…

Verão chegando e o pessoal entrando de férias da faculdade ou colégio e indo se aventurar por aí, quem sabe até curtir uma cachoeira ou um banho de rio em algum lugar legal deste nosso país… Legal, nada melhor que uma boa cachoeira! Só tenha cuidado porque a brincadeira pode ficar feia! Neste período do ano costumamos ter chuvas intensas que podem causar um fenômeno conhecido como “tromba d’água”, um rápido aumento do volume de água em um rio/cachoeira a ponto de tornar impossível se manter na água ou mesmo nas margens com segurança.

Uma vez eu estava com um grupo de amigos em uma cachoeira na Serra dos Órgãos quando começou a chuviscar e notamos um leve aumento no volume da cachoeira, como éramos experientes resolvemos abandonar o local o mais rápido possível, até por que estávamos com um grupo de adolescentes, um agravante para a situação caso fossemos pegos de surpresa. No caminho de volta encontramos com um grupo de jovens que estava indo para a cachoeira de onde saímos – e mesmo com a chuva eles insistiram e ir até lá. No dia seguinte ficamos sabendo por funcionários do PNSO que um dos rapazes deste grupo sofreu uma queda e fraturou uma perna (se não me engano), porém o resgate dos bombeiros não conseguiu chegar até eles durante a noite, justamente por que o nível do rio que cruza a trilha estava mais alto e com mais correnteza do que o fluxo normal, isso fez com que o resgate do acidentado só fosse feito por completo no dia seguinte…

Se o nível do rio estivesse normal o resgate poderia ter chegado até o grupo sem problemas, porém devido a chuva que atingia a serra os rios estavam muito acima dos seus níveis normais e isso dificultou a chegada. No dia seguinte todos estavam bem e foram resgatados, mas esse é um caso de sorte. Já ouvi muitos relatos de pessoas que não tiveram chances e foram arrastadas rio abaixo pela força da água…

Esse texto é um alerta para todos aqueles que pretendem curtir uma cachoeira ou rio agora nesse verão. Em caso de chuva, ainda que fraca, saia das margens do rio ou da cachoeira e busque abrigo em um ponto mais alto ou mesmo abandone o local e retorne. Lembre-se que não adianta nada deixar a cachoeira e esquecer que no meio do caminho existe um rio para ser cruzado. A regra é simples, saia e retorne tão logo a chuva comece, se houverem rios no meio do caminho passe por todos antes que o nível suba. Caso você se depare com algum rio onde o volume de água já subiu muito não tente atravessá-lo, busque abrigo em algum local alto e afastado das margens e aguarde a redução do volume de água para cruza-lo, se for o caso acione o resgate.

Um grande problema que facilita os acidentes com trombas d’água é que em muitos casos a chuva não cai onde as pessoas estão, mas no alto da serra onde estão as nascentes dos rios a chuva pode estar caindo em grande volume, isso dificulta muito a prevenção para que é leigo e está ali brincando. Procure observar o tempo nas montanhas ao redor antes de ir para uma cachoeira ou rio e em caso de dúvidas é melhor adiar o passeio do que ser pego de surpresa, principalmente se de onde você estiver não for possível observar as montanhas ao redor (situação bem comum no caso das cachoeiras).

Fiquem com um exemplo do aumento da força da água no Rio Guandu…

Arquivado em: Montanhismo, Trekking Tags: cachoeira, técnica, Trekking, trombas d'água, verão

Deixe o seu comentário!

Comentar!

© 2019 Adventure Zone. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Válidos.
Design: Equipe Adventure Zone.