0
  
     

O ano da Aurora Boreal

Texto e fotos: Jus Prado

Segundo cientistas, os anos de 2012 e 2013 serão os melhores para se observar a atividade da Aurora Boreal (norte) e Austral (sul) em 50 anos! Isto se deve por causa da quantidade de manchas solares que aparecem no sol, o que indica que partículas estão sendo jogadas para o espaço em direção a Terra. Esta quantidade de manchas solares é executada, segundo os estudos, no presente ciclo de 11 anos. Em alguns anos aparecem poucas manchas solares, portanto, pouca atividade de Aurora, no entanto, quando o ciclo atinge um pico, aparecem muito mais manchas solares resultando em muito mais partículas sendo ejetadas em direção ao nosso planeta, ou seja, luzes do norte e do sul brilhando em nossos céus! (Porque 2012 e 2013 são os melhores anos para ver a Aurora Boreal)

Devo confessar que esta notícia alegrou ainda mais as minhas expectativas, mas, mesmo assim o fenômeno não é garantido durante a sua viagem e, se deslocar quilômetros de distância para uma das extremidades do planeta pode ser muito mais encantador do que se imagina e com certeza vale muito a pena!

Bom, planejei grande parte do roteiro pelo site Couchsurfing – https://www.couchsurfing.org – e de lá pude reunir diversas informações com moradores locais sobre como caçar as luzes do norte por conta própria, clima, temperatura média, custos gerais e etc.

A Noruega foi o país escolhido e sendo assim, eu e minha amiga Azahar, pegamos um voo de Dublin para Oslo e no dia seguinte pegamos outro voo para Tromsø, no extremo norte do país conhecida como a “Capital da Aurora Boreal”.

Tromso, a capital da Aurora Boeral

Tromsø, a capital da Aurora Boeral

Durante todo o nosso percurso conhecemos muitas pessoas bacanas e de diferentes lugares do mundo e um de nossos mais novos amigos, o norueguês Hans, nos mostrou uma região muito bonita chamada Lyngen Alps. O planejado era acampar lá, porém, mudamos de ideia e nos rendemos ao luxo de uma cabine, tipo uma casa de campo, e de dentro de uma jacuzzi aguardamos pela aurora. Surreal! De lá foi possível avistar as luzes por 2 noites seguidas!

Na estrada Noruega

Estrada para os Lyngen Alps

A sensação de ver a aurora boreal naquele momento foi um tanto digamos… Diferente. O clima não era um dos melhores, pois estava nublado, porém, a atividade solar estava tão intensa que foi possível observar o movimento das luzes verdes através e por entre as nuvens!

Uma viagem em busca da Aurora Boreal

Aurora Boreal vista por uma câmera compacta comum

Bom, um trabalho com as expectativas e a aurora que vimos não era igual a aurora das fotos profissionais que vemos na mídia, até porque aquelas super câmeras fotográficas captam mais luzes do que o os nossos olhos podem realmente ver. Mas sem dúvida é um fenômeno mágico e encantador! Eu mesma quero voltar mais e mais vezes para ver!

Na última noite já em Tromsø avistamos o melhor dos shows, sobre a nossa cabeça e com um breve instante de céu limpo, foi possível ver durante cerca de meia hora a atividade solar estava intensa e quando ela aparecia forte, iluminava todo o branco a nossa volta, incrível!

Fiquei hipnotizada pela magia das luzes do norte, a cor verde foi predominante e com movimentos suaves em ondas ela aparece e desaparece como que dançando mesmo.

Missão cumprida com sucesso! E com aquela sensação única de sonho realizado curtimos nossos últimos dias em Tromsø e em Oslo antes de voltarmos para Dublin. Particularmente gostei muito do país, principalmente do norte, pretendo voltar no verão para conhecer as belas paisagens dos fjords ao sul e também conferir o famoso sol da meia-noite! Descobri também, através do Hans, uma ilha mais ao norte ainda chamada Svalbard, de natureza ártica exuberante e selvagem, mantém uma das maiores reservas de ursos polares do mundo! Mais um destino interessante que já inclui na lista!

Fim da viagem em Oslo

Azahar e eu finalizando a jornada em Oslo

E é isso aí, seguir continuando a jornada da vida e acreditar que sonhos são possíveis sim! Sejam eles quais forem! Despeço-me com uma linda frase do mestre Dalai Lama: “Se seus sonhos estiverem nas nuvens, não se preocupe, pois eles estão no lugar certo; agora construa os alicerces.”.

Namastê!

Texto e fotos: Jus Prado

Arquivado em: Viagem Tags: Aurora Boreal, noruega, Viagem

Deixe o seu comentário!

Comentar!

© 2019 Adventure Zone. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Válidos.
Design: Equipe Adventure Zone.