3
  
     

Mochilão Bolívia

Em julho de 2011 fiz um mochilão pela Bolívia, com meu amigo e sócio Mario Nery.

Nas aulas de geografia sempre nos disseram que La Paz era a capital da Bolívia, mas na Bolívia todos dizem que a capital é Sucre. Todos os prédios administrativos se encontram lá. Em La Paz apenas está a sede do governo. Sempre ouvimos que ela era um dos nossos vizinhos mais pobres e tudo mais. Não foi essa a impressão que tive. A pobreza existe, é claro, mas dá mesma forma da nossa: crianças nas ruas, pessoas pedindo dinheiro, nada de absurdo. A criminalidade, mostrada nos meios de comunicação, é muito menor que a nossa !! O presidente Evo Morales mudou várias coisas no país, inclusive o nome. A República da Bolívia agora se chama Estado Plurinacional de Bolívia. A valorização dos povos do Altiplano é o que se destaca no governo. Vamos deixar a política de lado e ir ao que interessa: aventura e cultura !!

Saímos, dia 03/07, do Rio de Janeiro para Santa Cruz de la Sierra (via São Paulo e com uma parada em Campo Grande).

Santa Cruz é uma cidade a parte da Bolívia, pois é nela que se encontram as grandes indústrias e fábricas do país. O povo de lá olha para o resto do país como sendo o “primo pobre”.

Igreja no centro de Santa Cruz

 

De lá voamos para Sucre, também conhecida como cidade branca.  Uma cidade muito calma e limpa. Uma observação: limpeza é um ponto chave das cidades bolivianas, sempre existe algum funcionário limpando as “calles’. O Mercado Central de Sucre merece uma visita, se você tiver estômago forte e não se impressionar facilmente.

Prédio administrativo – centro de Sucre

 

Mercado Central de Sucre

Depois partimos para Potosí. Ela é considerada uma das cidades mais altas do mundo, estando a, mais ou menos, 4.070m acima do nível do mar. Os atrativos principais são os passeios as minas de prata, as lagunas artificiais e os banhos termais. Uma curiosidade sobre as minas, é que se pode comprar uma banana de dinamite e usá-la nas minhas (dando uns regalos aos mineiros antes).

Cholas (bolivianas típicas) na rodoviária de Potosí

De Potosí fomos para Uyuni, aonde fica o famoso e incrível salar. A cidade é simples, acolhedora e muito fria no inverno, mas de uma beleza ímpar. Tem duas atrações: o cemitério de trens (os primeiros trens que chegaram a Bolívia) e o salar. O deserto de sal é surreal. Nós o vimos alagado, o que o tornou um grande espelho. No salar está também a ilha do pescado, que é uma grande ilha de corais com cactos milenares no meio do deserto de sal.

 

Centro Uyuni

 

Cemitério de Trens

 

Deserto de Sal

 

Depois de Uyuni nós fomos para La Paz. A cidade com o trânsito mais confuso, o ar mais seco e o mais lindo céu azul que eu já conheci. Lá está a cordilheira real. Um conjunto de montanhas nevadas, em sua grande maioria, que adornam a cidade. Estando em La Paz, fomos a Copacabana conhecer o famoso lago Titicaca, depois ao parque arqueológico de  Tiwuanaco, o vale da lua, a estrada da morte e a duas montanhas da cordilheira real: chacaltaya e huyana potosi.

Centro de La Paz – trânsito de sábado

 

Cidade de Copacabana com o lago Titicaca ao fundo

 

Portal do Sol – Tiwuanaco

 

Vale da Lua

 

Down Hill na estrada da morte

 

Chacaltaya

 

Huyana Potosi

 

Se vê e se sente te tudo na Bolívia: lhamas, falta de ar, perros-lhamas (cachorros muito peludos), todo tipo de comida servida na rua com zero de higiene, o Presidente andando nas ruas, pessoas que mantem sua cultura e costumes, todo tipo de aventureiro, dor de cabeça, hippies, fetos de lhamas, fósseis vendidos nas esquinas, montanhas majestosas, escavações de mais 3 mil anos, deserto de sal, neve e gelo, cactos, coca, inca cola (o melhor refrigerante) e, acima de tudo, admiração e respeito.

Algo me surpreendeu mais que tudo: luta livre de cholitas (as bolivianas típicas) !! Os caras do UFC são fichinhas perto delas … kkkkkk

Segue um vídeo da luta livre de cholitas

Lucha Libre de Cholitas

Arquivado em: Viagem Tags: alta montanha, américa latina, bolivia, Escalada, trekking montanhismo, viagens

3 Comentários em "Mochilão Bolívia"

  1. Cacá W. disse:

    Olá, eu gostaria de saber quanto tempo você levou para fazer essa viagem pela Bolívia. Achei o seu roteiro interessante. Estou bolando o meu… Me ajude por favor.

    Abs,
    Cacá.

  2. Administrador disse:

    Oi Cacá

    O planejamento demorou em torno de 6 meses, e a viagem em si 23 dias. Além das dicas aqui no Adventure Zone, tenho outras no Trekking Brasil.com.

    Abs
    Elque

  3. Aline disse:

    Oi. Amei seu roteiro e estou querendo fazer um parecido. Eu nao vou ficar 23 dias, vou ficar uns 10. O que vc me indica? E como você voltou? Por Sta Cruz? Abraço

Deixe o seu comentário!

Comentar!

© 2019 Adventure Zone. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Válidos.
Design: Equipe Adventure Zone.