1
  
     

Do verão tropical ao inverno europeu

São Paulo – Amsterdam

9.784 km – 11 h 45 mins – avião

30 *C – 3* C

Valeria

 

Meus últimos momentos no Brasil antes de embarcar pra Expedição Indochina foram emocionantes! Meu coração parecia que ia sair pela boca e eu mal conseguia ficar parada sem mexer joelhos, mãos e pés, juntos.

Paulinha, Calu e Kitty dividiram comigo as últimas sensações antes do embarque, além de uma deliciosa pizza de pepperoni! Billy Saga saiu correndo do trabalho e foi até o aeroporto pra me dar um beijo de despedida e encher meu coração de otimismo e força! Nada como ter pessoas queridas por perto.

Embarco e fico pensando que a Isis devia estar atravessando alguma terra distante, em outro avião, já que viajamos em vôos diferentes e marcamos de nos encontrar no “meeting point” no Schiphol Airport.

Isis no Vondelpark

 

Foi divertido demais quando nos vimos. Ficávamos falando sem parar como havia sido o vôo, como estava frio ali e tudo que gostaríamos de fazer em Amsterdam.

Bem, pegamos o “caminho da roça” – Leidsplein – bairro badalado, bem localizado, onde fica nosso albergue (Amsterdam Granada Centre). Um trem até a Central Station (2,60 E) e então o trail até pertinho do Vondelpark (2,20 E).

Que frio está fazendo nesta terra!! Temperatura em torno de zero grau! Tudo está congelado, cinza e lindo! Uma neblina paira no ar como uma magia, fazendo Amsterdam parecer mais e mais com um lugar fantástico, meio cenográfico. Tudo parece perfeito!

A primeira impressão da Isis foi: – Que lugar silencioso!

Verdade. Parece que o tempo parou e somente as bicicletas e pessoas muito elegantes com seus cães, se movem. O frio é cortante e minhas pernas desagasalhadas começam a congelar!

Decidimos dar umas voltas e explorar um pouco a região. Visitamos o Vondelpark, parque delicioso, vizinho do bairro. Eu já tinha tido a oportunidade de fotografar este parque na primavera e no verão, mas esta é minha primeira vez na mesma paisagem em pleno inverno. Fiquei impressionada com as diferenças das cores, das flores, das árvores. Me diverti tirando algumas fotos na mesma posição em que já a tenho (no post da Expedição Mediterrânea que você pode visitar aqui no meu blog). Lagos, canais e grama congelados! A paisagem é surreal pra nós, duas “tropical girls”.

Andamos e andamos pela cidade até nossos ossos doerem de tanto frio e sentamos no Bulldog Café para um sanduiche e nossa primeira cerveja nas terras da fabrica da Heineken. Pelo menos havia um aquecedor por ali e voltamos a sentir nossos narizes!

À noite descobrimos a cidade nos perdendo…rss… É impossível não se perder por aqui mesmo com mapa nas mãos! As ruas são muito parecidas e todas cortadas por canais e pontes (Há mais canais e pontes em Amsterdam do que em Veneza!)

Amanhã iremos buscar a Hannah, minha amiga alemã que conheci na Grécia, na Expedição Mediterrânea. Combinamos de buscá-la as 09:25am na Central Station e lançamos um desafio: Vamos ficar 24 horas sem dormir, mostrando tudo de melhor que se pode fazer em Amsterdam!

 

Te conto mais novidades em breve!

Até já!

Brrrrr……. Que frio!!!!

 

  • Amsterdam Hostel Centre (20 Euros por noite)

        http://www.amsterdamhostelcentre.com/portu/index.html

 

APOIADORES:

por Valeria Zoppello

Arquivado em: Viagem

1 Comentário em "Do verão tropical ao inverno europeu"

  1. iara oliveira disse:

    Olá,
    Adorei ver sua trip, vou para lá dia 20 de dezembro e não vejo a hora…. e vou sozinha então:
    Qual a dica imperdível de amesterdã??? e conta um pouquinho das 24 sem dormir, conseguiram???
    Beijos

Deixe o seu comentário!

Comentar!

© 2019 Adventure Zone. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Válidos.
Design: Equipe Adventure Zone.