0
  
     

Dando uma banda pelo sul

Artur numa das trilhas em El Bosón

Em setembro passado, numa das pedaladas pela Mantiqueira com o Vitor e o Artur, tivemos a idéia de este ano irmos pedalar na Patagônia. Planejávamos uns dias na região de Bariloche (Argentina) e outros mais na região do Paine (Chile).
A primeira parte foi excepcional, já na segunda, tivemos o azar de estarmos na região durante um mega incêncio que detonou grande parte do Parque Torres Del Paine e consequentemente fechou uma parte da área de visitação. Pois bem… aproveitamos mais tempo na Argentina e fizemos outros programas.

Para quem quer conhecer uma Patagônia mais “amigável” do que a região do Fitz Roy, Torres Del Paine ou Ushuaia, a porção norte é ideal. Bariloche é uma cidade turística com opções para todos os gostos. Dá para pedalar, caminhar, escalar, fazer rafting e o que mais você quiser nos meses de verão.

Em minha opinião, o melhor é sempre se munir das infos principais e depois descobrir os detalhes por conta própria, deixando tempo livre para descobertas, ao invés de ir para uma viagem com o programa todo preenchido com sugestões de outros.

Outra parada que fizemos foi El Bolsón, uma cidadezinha onde o turismo de montanha também é forte. Há caminhadas maravilhosas e alguns points de escalada que não conhecemos, mas que pelas fotos que vi, devem valer a pena. A dica em El Bolsón são as caminhadas nas montanhas que fazem divisa como Chile. Nesses rolês você pode contar com abrigos de montanha que na maior parte das vezes são equipados para receber montanhistas e então você pode dispensar a barraca. Muitos deles ou pelo menos parte de vários, você pode fazer de bicicleta. Fizemos o Cajón Del Azul e ficamos de queixo caído com o point. Fiz um relato mais completo em meu blog da ESPN.

Vitor e Artur atravessando o rio Azul em El Bolsón

Outra área na qual pedalamos foi San Martin de los Andes, mais ao norte de Bariloche. O lugar parece a Califórnia. Verdade. Até o cheiro lembra as florestas de pinheiros da Sierra Nevada. San Martin também é muito bem estruturada para atender ao turista. Pedalamos pouco pela cidade, mas a região de Quila Quina mereceu nossa atenção. Há um pedal de 27km que sai do Camping do Parque e termina no Lago Escondido, que é obrigatório. Quila Quina é um dos núcleos mais afastados do centro da cidade e é bem tranqüilo, e apesar de você ter que encarar cerca de 14km em estrada de terra (de poeira, na verdade) vale a pena.

Agradecemos à Liofoods que nos proporcionou as refeições liofilizadas, que são comida de verdade a um peso irreal, e ideais para os rolês.

Quila Quina em San Martin de los Andes

Não dá pra pedalar? Então empurra que a gente chega onde queremos.


Arquivado em: Bike, Geral Tags: bariloche, Bike, Eliseu Frechou, Patagônia, pedalar

Related Posts

Favorite e divulgue!

Deixe o seu comentário!

Comentar!

© 3437 Adventure Zone. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Válidos.
Design: Equipe Adventure Zone.