0
  
     

11ª Mostra Internacional de Filmes de Montanha

O Banff Mountain Film Festival World Tour International teve início em 1976, na província de Alberta, no Canadá,  aonde se localiza o Parque Nacional de Banff.

Mais uma vez o Rio recebe a Mostra Internacional de Filmes de Montanha. Desde 2001 o evento ocorre na cidade maravilhosa. De 12 a 14 de novembro serão exibidos diversos filmes sobre montanhismo, vários tipos de escalada, bike e outros esportes.

Doze filmes nacionais estão competindo na mostra. São duas premiações: juri oficial (filme, diretor, fotografia e montagem) e o juri popular que escolhe o melhor filme. Além desses, terão mais nove filmes da mostra banff, ou seja, não competem, pois são os escolhidos para serem divulgados em todas as mostras pelo mundo.

No primeiro dia, ainda, a estréia do tão esperado documentário “Caminhos da Mantiqueira” , de Galileu Garcia Jr, que conta a história da região que compreende a fronteira de 3 Estados ( São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro), através de sua cultura e sua gente. Vejam o trailer

Contarei como foi o evento por dia, com fotos e opiniões sobre os filmes apresentados.

FILMES APRESENTADOS – 12/11
1 Aconcágua despertando potenciais, de Alexandre Haigaz – Alta Montanha
2 TEPUI – Escalada ao Salto Angel, de Federico Sanz e Edemilson Padilha – Escalada Big Wall
3 Blocos A2, de Ricardo Cosme – Escalada Boulder
4 A Terra da Lua Partida, de Marcos Negrão e André Range – Cultura de Montanha
5 Montanha Serra Verde Mato, de Walfried Amaral Weissmann – Escalada e Parapente

* Comentários sobre o dia 12/11:

Os filmes, competidores, apresentados na noite foram meros coadjuvantes, pois o documentário “Caminhos da Mantiqueira”, de Galileu Garcia Jr, roubou a cena. Ele é brilhante em sua simplicidade. O modo como as histórias são contadas, a beleza e diversidade da região, todos os “causos” e a gente simples fizeram dele algo surpreendente. O documentário é educacional, histórico, simples e aventureiro. Site para adquirir o documentário ou o livro.

Outro ponto emocionante nessa noite foi a homenagem feita ao, escalador, presidente da Femerj e vice-presidência da Cbme, Bernardo Collares, que faleceu em janeiro desse ano quando escalava a montanha Fitz Roy, na Patagônia. Sua mãe subiu ao palco e nos emocionou com suas palavras.

Os destaques da noite foram: Tepui e Terra da Lua Partida. O Aconcagua tinha tudo para ser fantástico, mas se tornou massante por ser muito extenso

FILMES APRESENTADOS – 13/11
1 Borboleta Azul, de Tomaz Cavalieri – Montanhismo
2 Arredores, de Natássia Ferreira Augusto – Vários Esportes
3 Copa Internacional de Mountain Bike – Araxá, de Juliano Guerra – Mountain Bike
4 Quanta Patagônia, de Guilherme Pahl e Marcio Cesar – Escalada
5 A Dança do Tempo, de Christian Spencer – Meio Ambiente
6 Com a mãe da Joana, de Dodi Echternacht – Montanhismo
7 Red Bull Psicobloc, de Andre Duck e Wiland Pinsdorf – Escalada Solo

* Comentários sobre o dia 13/11:

Diferente do dia anterior, os filmes de hoje conseguiram empolgar mais os espectadores.
– Borboleta Azul é sobre um projeto de inclusão de pessoas com necessidades especiais, feito pela Apae SP.
– Arredores fala dos diversos esportes que são praticados na cidade de Castelo ES
– Copa de Mountain Bike mostra uma das etapas internacionais desse esporte em Araxá MG
– Quanta Patagônia conta com muito humor várias escaladas de atletas de Brasília na região da Patagônia
– A Dança do Vento filme experimental que usava os elementos da natureza
– Com a Mãe da Joana é um piloto para uma série de tv, que conta a história da Joana(4 anos) e Dodi (esportista e mãe) em aventuras por diversas regiões do Brasil
– Red Bull Psicobloc foi um campeonato de escalada solo no sertão de alagoas

Os destaques foram: Quanta Patagônia, Com a Mãe da Joana e, é claro, Red Bull Psicobloc. Quem já viu alguma produção da Red Bull sabe que a qualidade de imagem e a ação é de tirar o folego.
A Dança do Vento tinha imagens e edição fantásticas, mas acabou sendo muito cansativo.

Ontem foi o último dia do Festival e o mais esperado. Como sempre o evento que fecha é a Mostra Banff, ou seja, os filmes estrangeiros já premiados. O Odeon estava lotado nas duas sessões. A produção, imagens e edição são de tirar o folego. Foram 9 filmes de diversos países – EUA, França, Reino Unido, Alemanha, Austrália e Canadá.

1 Second Nature – Skate Downhill
2 Tuzgle – Escalada Boulder
3 Dream Result – Canoagem
4 The Asgard Project – Escalada Big Wall
5 Miracle in the Storm – Parapente
6 Living the Dream – Escalada Solo
7 Life Cycles – Mountain Bike
8 The Longest Way – Humor
9 The Swiss Machine – Escalada Solo

* Comentários sobre o dia 14/11:

Os filmes Banff são “neuróticos”, com a melhor definição da palavra, as imagens e a ação prendem o espectador de uma forma única. A melhor forma de resumir o dia é pôr os filmes, pois só vendo para compreender como são!!

Arquivado em: Bike, Escalada, Geral, Montanhismo, Trekking Tags: banff, Filmes, Montanhismo, mostra de filmes de montanha

Deixe o seu comentário!

Comentar!

© 2019 Adventure Zone. Todos os direitos reservados. XHTML / CSS Válidos.
Design: Equipe Adventure Zone.